Receber um imóvel de herança não é tão simples como nos filmes

Compartilhe com o seu amigo(a)

Receber um imóvel de herança não é tão simples como nos filmes

Receber um imóvel de herança não é tão simples como nos filmes, exigindo diversos procedimentos importantes e também burocráticos. Justamente por isso, é importante contar com um advogado imobiliário, pois como possui maior conhecimento e experiência no assunto, consegue realizar todos os procedimentos dentro da lei e de forma agilizada. O direito imobiliário é um ramo com diversos pontos de atenção que, muitas vezes, passam desapercebidos por pessoas leigas, como é o caso da legalização de um imóvel recebido como herança. Sendo assim, se você quer saber o que fazer, continue acompanhando o post de hoje e entenda melhor sobre o assunto. 

Inventário dos bens do falecido

O primeiro passo, com certeza, deve ser contratar um advogado online, pois é ele quem irá iniciar o processo da maneira correta, ou seja, pelo inventário dos bens do falecido. Aqui, a apuração dos bens, direitos e dívidas é feita para entender qual será a herança distribuída aos herdeiros. Ele pode ser feito por via judicial ou extrajudicial. Na primeira, o processo é mais demorado e custoso, sendo necessária quando os herdeiros não chegam em um consenso. Já a segunda é feita no cartório de notas ou tabelionato, sendo que ambas exigem a presença de um advogado especializado

Com o inventário feito e decidido, é necessário realizar o pagamento do ITCMD (Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação) e a divisão dos bens, que deve ser feita em partes iguais para todos os herdeiros. 

Como legalizar um imóvel de herança?

Depois da etapa anterior finalizada, é necessário realizar o registro no Cartório de Registros de Imóveis, apresentando o título aquisitivo da propriedade, que pode ser: Formal de Partilha ou Inventário Judicial; Escritura Pública de Inventário ou Inventário Administrativo ou Extrajudicial; Sentença Homologatória que defere o pedido de adjudicação, em caso de herdeiro único. 

Portanto, basta levar um desses documentos ao Cartório de Registro de Imóveis da cidade em que ele está localizado. Além disso, também é importante apresentar a Certidão Negativa de Débitos emitida pela Prefeitura Municipal e o comprovante de pagamento do ITCMD. Com isso, o cartório irá legalizar o imóvel de herança e ele poderá ser vendido ou aproveitado pelos herdeiros. 

Portanto, a legalização de um imóvel não é um processo simples, mas com certeza é essencial para garantir a segurança da propriedade e de quem a herdou. Sendo assim, não deixe de contar com um advogado imobiliário para que tudo seja feito dentro da lei.

Fique Ligado

Mais Novidades

Casa estilo sobrado em Ilhabela destaque

Casa estilo sobrado em Ilhabela

Valor R$ 990.000 Áreas 500 m2 Quartos 04 Banheiros 04 Combinação Perfeita​ INTERESSADO NESTE IMÓVEL? ESCREVA UMA MENSAGEM OU LIGUE PARA NÓS​ Agende uma Visita