Vale a pena morar em uma casa geminada?

Compartilhe com o seu amigo(a)

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Casa geminada vale a pena?

Desde o momento em que a indecisão entre optar por um apartamento ou casa é solucionado e a alternativa escolhida é uma casa, tem outras providências a serem tomadas quanto às outras escolhas que envolvem a aquisição do imóvel. Um exemplo disso é o tipo construção que será utilizada para a futura residência. Hoje, falaremos sobre a casa geminada.

A realidade é que é possível achar imóveis para todos os tipos de bolsos e gostos, e a casa geminada, é um tipo de construção que tem feito muito sucesso no mercado.

Quer entender sobre o que estamos abordando com mais detalhes? Acompanhe a leitura e saiba se essa é a residência ideal para você e sua família!

O que é uma casa geminada?

É muito normal que tenha a mistura do conceito de casa geminada, porque diversas pessoas entendem como “casa germinada”. A palavra germinar vem do verbo desenvolver, brotar, crescer. Em contrapartida, o termo “geminada” está associado com a ideia de gêmeos, algo igual à outra coisa.

Pois bem, a casa geminada também pode ser nomeada de casa conjugada. Na prática, são casas combinadas construídas em um só lote, compartilhando de uma ou mais paredes.

Possuem também a mesma organização de formato interno, com metragem e quantidade de cômodos. Geralmente, as casas conjugadas estão dentro do mesmo condomínio e tem como vantagem ser um imóvel mais em conta, dado que os imóveis são edificados em série.

Quais são as principais vantagens de morar em uma casa conjugada?

Esse modelo de imóvel tem características que podem cativar a residentes dos mais distintos perfis. Veja a seguir algumas vantagens da casa geminada e confira se ela atende as necessidades da sua família.

Preço mais baixo

Os gastos com a obtenção ou com a locação de uma casa geminada costumam ser mais acessíveis do que com outros modelos de imóvel. Isso ocorre porque a despesa da construção dessas casas é menor, já que os gastos com a edificação, a estruturação das paredes e a implementação das redes hidráulica e elétrica e dos telhados são compartilhados entre os outros imóveis geminados.

Economia com manutenção

Além das economias na compra ou aluguel dessas residências, é possível poupar dinheiro nos reparos e manutenções que também podem ser divididos com os vizinhos, como pintura da entrada, corte de grama, reparos no telhado, por exemplo.

Ademais, a manutenção de uma residência geminada normalmente é bem mais barata que outra residência convencional.

Mais segurança

Casas conjugadas são menos visadas que as casas independentes em razão da proximidade entre as casas. Ou seja, as possibilidades de acontecer algum tipo de adversidade associado a esse ponto são menores.

Ademais, as despesas de implementação de sistemas de segurança compartilhados com os residentes dos outros imóveis são proporcionalmente menores que o investimento em uma casa convencional.

Entenda que algumas edificações já apresentam esse tipo de comodidade, assim como as casas geminadas localizadas dentro de condomínios.

Quais são as desvantagens de morar nesse modelo de casa?

Mesmo apresentando tantas vantagens, essas residências podem proporcionar alguns inconvenientes principalmente às pessoas que estão adaptadas com as casas convencionais. Atente-se a esses fatores e pense se você se acostuma a essa realidade.

Uniformização da fachada

O mesmo modelo das residências e dos acabamentos pode deixar a construção geminada com uma estética bastante padronizada. Assim como ocorre em alguns prédios, algumas dessas residências conjugadas não autorizam a distinção da fachada externa entre um espaço e outro. Caso seja possível, realize um paisagismo ou utilize cores e acabamentos diferentes do vizinho para transmitir seu estilo pessoal ao imóvel.

Barulho

De certo, esse é um dos grandes problemas de quem mora em uma casa geminada. Como os imóveis estão conectados uns aos outros por uma parede compartilhada e o isolamento acústico não é dos melhores, todo ruído mais alto na casa ao lado será escutado por você e vice-versa. Caso o incômodo seja amiudado, o ideal é dialogar com o morador ao lado.

Fique Ligado

Mais Novidades